Clipping de notícias

Chineses visitam fazendas brasileiras de melão

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O objetivo é liberar as exportações, que podem ter como rota o Canal do Panamá 

Melão

Uma missão do Ministério da Agricultura da China visitou nessa semana plantações de melão e melancia no Nordeste. O país asiático pretende retirar barreiras fitossanitárias para poder importar as duas frutas brasileiras. O presidente da ABRAFRUTAS, Luiz Roberto Barcelos, falou com o Valor Econômico sobre a visita.

Melão

A matéria explica que os técnicos do governo chinês fizeram duas visitas entre terça e quarta-feira à Chapada do Apodi, região localizada na fronteira entre Rio Grande do Norte e Ceará responsável por 100% do melão exportado pelo Brasil.

O presidente da ABRAFRUTAS calcula que a abertura do mercado chinês para as duas frutas pode representar exportações de US$ 230 milhões ao ano, segundo a matéria. O dirigente explica ainda que a reforma do Canal do Panamá facilitará a exportação para a Ásia. Ele estima que as exportações de frutas do Brasil à Ásia poderão ocorrer com 10 dias a menos do que ocorrem atualmente. A reforma deve ser finalizada em maio.

 

Melancia

Segundo o Valor, o Brasil aposta na grande demanda chinesa por melancia. O consumo da fruta na China é de 42 quilos per capita por ano. Para se ter uma ideia do que esse volume representa, no Brasil o consumo per capita de todas as frutas somadas é de 57 quilos por ano.

 Receba notícias da Frutas do Brasil

Frutas do Brasil

SGAN Quadra 601, Módulo K - Térreo
Asa Norte • Brasília/DF
CEP: 70830-021

Fone: +55 61 2109-1635

Realização